Here I Stay

Bárbara Michaels

SINOPSE:


Andrea Torgesen tem certeza de que trabalhar é exatamente o que Jim, seu irmão mais novo, precisa para ajudá-lo a se recuperar do trauma de um grave acidente de carro e, tornar uma velha mansão decrépita em uma bonita pousada, parece ser o projeto perfeito. Só que vozes sobrenaturais e visões assustadoras assombram Jim desde o primeiro instante em que ele põe os pés na velha casa que haviam herdado de uma tia e a sua estranha obsessão com um cemitério há muito tempo negligenciado é o mais preocupante. Há um mal neste lugar onde o impensável é possível, uma força terrível que Andrea e Jim devem enfrentar. . . ou perder suas vidas.

COMENTÁRIOS:

Andrea tem sua vida direcionada inteiramente para o irmão, Jim, que criou desde a morte do pai e da madrasta, há 10 anos. Aos 19 anos Jim sofre um terrível acidente, quase perde a vida e tem uma das pernas amputada. Na esperança de despertar o interesse do irmão (ele fica profundamente deprimido após o acidente) Andrea decide transformar a casa que haviam herdado de uma tia em uma pousada.
O inicio do livro mostra a protagonista no hospital e sua decisão de não permitir que o irmão morra. Nesta parte já dá para ver exatamente como ela é: uma mulher possessiva e totalmente dependente emocionalmente do irmão. Assim que o rapaz é declarado fora de perigo outro problema surge: ele perdeu totalmente o interesse pela vida. Isso leva Andrea a sacrificar todas as suas economias restaurando a casa que herdara, já que este assunto parecia o único a deixar Jim vagamente interessado.
Logo nos primeiros dias Jim, que parece realmente mais animado, descobre, juntamente com uma amigo da faculdade (que está hospedado com eles) um antigo cemitério e os dois começam a limpar e arrumar o lugar, mesmo com a opinião contrária de Andrea. Aos poucos, no entanto, o interesse de Jim pelo cemitério e pelo quarto do sótão começam a se mostrar exagerados.
O primeiro hóspede da pousada acaba ficando com eles por alguns meses (um escritor querendo acabar um livro), se tornando amigo de Jim e de Andrea. Senti pena dele (que é sem dúvida o melhor personagem do livro) por se apaixonar por ela, mesmo sabendo da obsessão que ela tem pelo irmão.
É assustador e irritante a forma com que Andrea é possessiva em relação a Jim, especialmente quando ele mostra que mesmo com apenas uma perna ele pode, e muito bem, ser independente. 
Em vários momentos eu fiquei com raiva dela por seu comportamento absurdo e por sua cegueira, sempre achando que tudo estava bem, que o irmão estava ótimo e que eles viveriam naquela bela casa até velhinhos, sem ninguém se colocar entre os dois.
Este deveria ser um livro de suspense paranormal, mas na realidade é a história de uma mulher de seus 30 anos que tem um amor possessivo e nada saudável pelo irmão mais novo, como se ele existisse apenas para estar com ela e ser um eterno menininho que dependesse de seus cuidados.
É difícil gostar de uma protagonista como Andrea, especialmente com seu comportamento desagradável em relação as pessoas que se interessavam por Jim (todas elas, na cabeça da protagonista, se tornavam automaticamente más pessoas).
A parte referente a assombração e o interesse romântico de Andrea são apenas elementos secundários. O livro não assusta e instiga muito pouco, já que a parte referente a assombração é citada esporadicamente. Quando finalmente somos confrontados com algo sobrenatural os personagens, na sua maioria, se esforçam tanto para mostrar que não acreditam em fantasmas, que isto acaba por irritar, ao invés de interessar. Os fantasmas são mais presenças do que qualquer coisa e apenas Jim parece capaz de ver ou escutar algo além, só que não sabemos o que passa pela cabeça dele, apenas sabemos o que os outros pensam e veem em relação a ele.
Não é o livro de Barbara Michaels que mais gostei, mas também não é o que mais desgostei. Talvez rendesse um filme divertido.

AQUI EM INGLÊS

Bela capa.

Bem anos 80 :-)

Gostei!
Esta cena existe no livro.

Esta ilustração é citada várias vezes no livro.
Não imaginei assim, mas ficou muito bom.
E...siiimmm, há um gatinho na história:-D

2 comentários:

Jossi Slavic Genius disse...

Fantástico esse livro, Arisssss! Menina, você encontra verdadeiras preciosidades! Peninha que não seja em português, buáááá! Será que eu consigo ler em inglês?! A história é tão boa, tão meu estilo, que vou baixar... de repente, rola uma tradução aqui, mesmo com ajuda do Google.

Obrigada pela dica!
;)

Arismeire Kümmer Silva disse...

Jossi, li mais dois livros desta autora, depois deste e os dois são bem bons. Um deles eu achei excelente. Logo vou postar os links para baixar e minhas reviews ;-)
Ler em inglês começa sendo chato, mas depois de um tempo vc se acostuma e começa a entender cada vez mais. Quem sabe algum dia consigo tempo para traduzir alguns destes livros ;-)
Aris.

 
Mistério das Letras Blog Design by Ipietoon