Credo dos Assassinos: A Cruzada Secreta

Assassin's Creed é uma série de jogos que fez sucesso particularmente no Playstation 3. Baseada em fatos reais, se passa no oriente médio, em um mundo onde uma ordem de guerreiros auto-intitulados assassinos, batalha contra a ordem dos templários.

Este livro trata do primeiro jogo com um início bem simples, durante a invasão européia das cruzadas. Tão simples, de fato, que o jogo é bastante repetitivo. Apesar de possuiu uma história interessante,é superficial, pois aprendemos muito pouco sobre o personagem principal, o sírio Altaïr Ibn-La'Ahad.



O autor da série de livros, Oliver Bowden, ganhou fama por expandir a história dos jogos, indo além do que é mostrado e preenchendo lacunas, sendo aclamado por isto. Neste volume, em especial, esta habilidade é bastante explorada, e ele praticamente possui uma tela em branco, sobre a qual pincela uma personalidade a Altaïr, que simplesmente não existia. Assim ficamos sabendo como ele ascendeu na ordem desde criança até tornar-se um arrogante mestre assassino, e como surgiu sua inimizade com seu colega Abbas.

Apenas com este prólogo, a história toma nova vida, e, finalmente, quando a história do jogo se inicia, e Altaïr falha em capturar um item chamado Maçã do Edén fica mais fácil entender os erros que ele comete, achando-se capaz de enfrentar sozinho o templário Robert de Sable, o que resultou em um dos seus colegas sendo morto e outro, Malik sem um braço, mas tendo este obtido o item e retornado para Masyaf, a base do clã, para denunciar Altaïr por ter matado inocentes e colocado a missão em risco com sua prepotência. Com isso o líder da ordem o rebaixa a aprendiz, e Altaïr precisa provar que ainda merece ser um assassino e também deve aprender uma lição de humildade, servindo àquele que desdenhava.

O que no jogo parece uma criança mimada, no livro se torna um homem um tanto perdido e também manipulado por um segredo do passado que o fez ficar próximo ao poder cedo demais, mas que consegue aceitar seus erros e a partir daí buscar uma redenção e tem coragem de fazer as perguntas certas.

Adaptar um jogo, ainda mais um com pouca história não é tarefa fácil, mas aqui temos um caso de sucesso, e a leitura flui bem com nenhum momento de tédio e despertando a curiosidade mesmo de quem já terminou o jogo e acha que conhece a história. Não é à toa que essa série de livros se tornou a mais vendida no brasil uns anos atrás e vem batendo recordes na editora Galera Record.

Se você gosta de histórias de aventura, ou filmes do estilo capa-e-espada, livre-se de preconceitos, história de videogame já deixaram faz tempo de ser sobre um macaco jogando barris, existem ótimas surpresas, mesmo adaptadas na forma de livros. Você não irá se arrepender.

4 comentários:

Luciana Apaixonada por Romances disse...

Não sei se iria gostar, não sou fã de jogos e esse estilo literário não faz meu tipo.
Apesar disso, não tenho dúvidas que parece ter uma história interessante!

Bjs
Lu Blog: Apaixonada por Romances

Iuri Fiedoruk disse...

Não tem nada de reomance, é pura aventura e mistério,c omo os velhos filmes da sessão da tarde. Estilo mais masculino sem dúvida.

Arismeire Kümmer Silva disse...

Eu também não li nenhum dos livros da série, Luciana, mas acompanho o Iuri jogando e a história dos jogos é muito boa. Aguardo com ansiedade o filme que será feito com o Michael Fassbender ano que vem :-D
Bj, Aris.

Arismeire Kümmer Silva disse...

Masculino, sem dúvida,com aquele gatão do Edward, do Haytan e do Shae, huahahahahha ;-D

 
Mistério das Letras Blog Design by Ipietoon