Tamanho 42 não é gorda

Mistérios de Heather Wells - Vol. 1

Size 12 is Not Fat 


Meg Cabot


SINOPSE:


Nesta série Meg Cabot nos apresenta Heather Wells, uma cantora pop que chegou a um ponto nada desejado de sua carreira artística: o fundo do poço. Nenhuma gravadora se interessa por suas músicas, o pai está atrás das grades e a mãe fugiu para Buenos Aires com todo o seu dinheiro... Mas, quando Heather arruma um trabalho de inspetora em uma faculdade, tudo muda... ou, pelo menos, é o que parece.


COMENTÁRIOS:



Sem quaisquer perspectivas de carreira e completamente sozinha, Heather Wells aceita um emprego como assistente de direção de um dos dormitórios da Faculdade de Nova York. Ela acha que está começando a ter uma vida normal pela primeira vez, apenas para descobrir, em pouco tempo, que o Residencial Fischer não é nada comum. Quando jovens universitárias começam a morrer misteriosamente, Heather amplia sua descrição de trabalho para incluir investigação de assassinato.
Heather Wells era uma sensação pop adolescente. Ela tinha fama, fortuna, um corpo lindo, e um noivo bonito e rico (filho do dono da gravadora para a qual ela trabalhava). Heather estava noiva, fazia muito sucesso e havia começado a compor suas canções; a vida parecia perfeita, até que ela pega seu noivo, Jordan Cartwright, traindo-a com a sua rival no mundo das cantoras pop, Tania Trace. Para piorar seu ex-futuro sogro e patrão desfaz de suas composições, recusando-as e a mãe da protagonista foge com sua fortuna, deixando Heather sem dinheiro, sem noivo, sem um contrato de gravação ou qualquer forma de ganhar a vida.
O irmão do ex-noivo de Heather (e ovelha negra da família), Cooper, fica com pena da moça e lhe oferece um apartamento em seu pequeno prédio (herança do avô)  em troca de serviços de contabilidade para o seu negócio de Investigador particular. Heather aceita e também consegue um emprego a apenas alguns quarteirões de distância, trabalhando em um dormitório da faculdade. Logo, a única dificuldade na vida dela é que ela se apaixonou perdidamente por Cooper , que a vê apenas como inquilina e empregada.
Finalmente as coisas estão em ordem na vida de Heather, maaasss... de repente uma das jovens moradoras do Conjunto Residencial Fisher cai no poço do elevador e morre. Todos acreditam que foi um acidente, menos Heather. Ela tenta convencer a polícia de sua convicção, sem sucesso.
No entanto, quando o corpo de outra menina é encontrado no fundo do poço do elevador, é difícil negar a conexão. Heather é avisada pela policia e por Cooper para não se meter na investigação, mas com uma curiosidade insaciável e algumas pistas de sorte, ela está convencida de que pode e deve descobrir o assassino, antes que outra menina seja morta.
É hilária a forma com que Heather interage com as outras personagens, excetuando-se, talvez, seu relacionamento com Cooper, que, apesar da autora dar a entender o oposto, parece bem superficial. Cooper mal aparece e, quando o faz, é para não ajudar Heather em nadica de nada. No fim pouco sabemos sobre ele, mas, cheguei a conclusão de que estava tudo bem, afinal, o foco do livro não é o romance.
Resumindo, eu realmente gostei deste livro. Meg Cabot criou uma personagem divertida, ferrada, otimista e meio doida, com quem podemos simpatizar com facilidade. Não é apenas um mistério de assassinato inteligente, mas também uma história divertida e bem-humorada.  Por ter realmente trabalhado no dormitório de uma faculdade de Nova York, a descrição que Meg Cabot faz do ambiente é feito com base no conhecimento pessoal, o que dá um ar de credibilidade para as ocorrências, muitas vezes bizarras. É um livro rápido e fácil de ler, com um final hilário. Eu o recomendo a todos os amantes do mistério, bem como para quem quer uma leitura divertida e interessante.

AQUI!!!!

Esta é a capa do meu exemplar.
Se não me engano é a primeira edição feita no Brasil.
Acho estranha, apesar de não me desagradar por completo.

Também não é exatamente feia... acho que fica mais para estranha.

Esta é minha capa favorita.
Achei fofinha :-)

Parecida com a anterior, mas sem a graça da anterior.

Não me agradam capas deste estilo.

2 comentários:

Gostando da Vida disse...

oi linda ...
amei o post.... muito bom

gostei muito do seu blog... vou estar sempre por aqui....
se puder me fazer uma visitinha... ja estou te seguindo .... que Deus te abençoe ... um grande beijo no coraçao

http://www.gostandodavida.com/

Arismeire Kümmer Silva disse...

Seja sempre bem vinda. Que Deus te abençõe também e muitas leituras boas para nós ;-)
Bj, Aris.

 
Mistério das Letras Blog Design by Ipietoon