...e a história continua.

Nada de cheques liberados.Depois de ir ao banco,na sexta e ficar quase uma hora criando raízes na fila(peraí...não tem uma história de que vc não pode mais esperar de pé em filas?Ou não pode esperar por mais de meia hora,ou qualquer coisa assim????)a máquina ainda tá mandando ir na minha agência.Amanhã eu vou lá de novo,saber porque ainda não desbloquearam.Enquanto isso,tenho agradáveis visões de quem descontou o cheque( que causou toda essa confusão) cuspindo sangue e os dentes junto.Mil vezes m.Essa sensação e outros sentimentos de impaciência(que brotaram com força total na fila do mercado) me levam a crer que estou com uma bruta TPM.Deixa...comprimidinhos...comprimidinhos...respirar fundo...contar até mil...

1 comentários:

Iuri Fiedoruk disse...

Os homens agradecem aos relevantes serviços dos farmaceuticos que inventaram drogas debilitantes de TPM :-D

 
Mistério das Letras Blog Design by Ipietoon