Jane Eyre - BBC

Jane Eyre.

BBC ONE.

Mini série de 2006.

Desde que vi a primeira adaptação de Jane Eyre para o cinema (eu devia ter uns 14 anos), me apaixonei pela história. Eu li a obra e me apaixonei mais ainda. Depois disso vi quase todas as adaptações para cinema e televisão que já foram feitas e a paixão continuou forte.

Desejando partilhar meu encanto por esta história com vocês, decidi sortear a série feita pela BBC ONE (no Sorteio de Outono) e, além disso, vou postar minha opinião aqui no blog sobre a série.


Jane Eyre é interpretada pela atriz Ruth Wilson, que, na minha opinião, parecia "colorida" demais para fazer o papel de Jane; já Rochester foi feito por Toby Stephens, na minha opinião, bonito demais para ser Rochester, só que caí de cabeça, afinal, é uma série da BBC e as séries da BBC costumam me encantar.
O começo da série tem um andamento mais rápido (na fase infantil da protagonista) e depois ela desacelera, sempre revelando a história num tom melancólico e reflexivo. Os atores estão ótimos. Quando Ruth Wilson está em cena podemos sentir que debaixo de toda aquela calma e imobilidade há uma mulher cheia de vida e paixão e isso fez com que eu gostasse ainda mais de Jane. Toby Stephens interpretou um Rochester como eu imaginava ao ler, alternando risos com humores sombrios, mostrando que era alguém sufocado pela tristeza, vendo a vida passar e desejando ardentemente vivê-la.
A série fez algumas pequenas mudanças, mas nada que prejudique a história; na verdade ela ficou ainda mais sombria e sensual e eu me apaixonei pelos protagonistas e sua história de segredos e de amor.



PARA QUEM NÃO CONHECE JANE EYRE:  COM SPOILERS!!!!!!!

Jane Eyre é uma autobiografia ficcional da personagem principal. Conta como Jane, órfã de pai e mãe, vive infeliz na casa de uma tia que a detesta. Após um confronto com esta, Jane é enviada para uma escola-orfanato. Após seis anos como aluna e mais dois como professora, decide procurar uma nova posição. Encontra-a em Thornfield Hall, como preceptora da jovem Adèle, a pupila de Edward Rochester.
Quando finalmente conhece Rochester, ambos se apaixonam. Ele lhe propõe casamento e ela aceita. Contudo, no dia do casamento, Jane descobre que Rochester já era casado, com uma mulher chamada Bertha, que conhecera na Jamaica e que entretanto enlouquecera. Para que ninguém soubesse, ele a mantinha escondida no sótão de Thornfield Hall. Perante isto Jane decide fugir. 
Após alguns dias de fome, é recolhida por St John Rivers e suas irmãs. Mais tarde vem a descobrir que não só herdou dinheiro de um tio, como os seus anfitriões são na realidade também seus primos diretos (algo que todos desconheciam) e, decidida a recompensá-los, divide a herança com estes. St John Rivers decide partir como missionário e levar a prima consigo, como esposa. Jane hesita e resolve descobrir o que se passara com Rochester (pois havia um ano que fugira de sua casa), antes de dar uma resposta ao primo.
Vem a encontrá-lo cego e ao cuidado de dois criados fiéis, pois Thornfield Hall ardera em um incêndio provocado pela esposa enlouquecida, e ele perdera a vista e uma das mãos ao tentar salvar todos que lá viviam. Como Bertha se suicida jogando-se de cima da casa que está em chamas, Jane decide assim casar finalmente com ele.


Se você ainda não viu esta série e gostaria de vê-la,
pode participar do Sorteio de Outono e tentar a sorte ;-)

6 comentários:

Patricia Souza disse...

Olá.
Eu já tinha lido algumas indicações do livro, mas não sabia que tinha a série.
Obrigada pela dica, vou procurar.

Beijos
Leituras da Paty

Alinne disse...

Oi.
Eu adoro a Jane Eyre, acho essa história linda! Já assisti ao filme mas essa adaptação ainda não vi.
Beijos.

Arismeire Kümmer Silva disse...

Patricia, além desta série há um grande número de adaptações para o cinema deste livro, algumas bem boas. A original (não tenho certeza agora, mas acho que é da década de 40) é bem boa e a de 2011 é ótima, com o maravilhoso Michael Fassbender.Há também uma série com o Timoty Dalton, mas esta ainda não vi ;-)
Bj, Aris.

Arismeire Kümmer Silva disse...

Alinne, vale a pena ver esta adaptação. É minha favorita, por isso sou suspeita, mas mesmo assim, ela é muito boa ;-)
Bj, Aris.

Amor e Livros disse...

Oi, Aris!
Uau, eu assisti essa série também... é muito linda. Não gostei muito da atriz que faz a Jane, mas tudo bem... no livro, a própria Jane se considera "feia". A atriz não chega a ser feia, não. Mas em certas cenas ela fica um pouco abaixo da beleza do Sr Rochester (esse sim, é lindérrimo!).
Amei o livro, amei a série, chorei muiiiito... inesquecível!
Bjosss!
:-)

Arismeire Kümmer Silva disse...

Oi, querida :-)
Bem vinda.
Sobre a atriz que fez a Jane, eu também achei ela "estranha", mas em alguns momentos ela fica bonita... talvez bonita demais :-)
E o Tobby Stephens nem se fala, ele é bonito demais para ser o Rochester do livro, só que eu amei ele em cada segundo da série. Não sei como conseguiram enfeiar um pouco o Michael Fassbender, no filme mais recente, para ser o personagem. Esta é, sem duvida, minha adaptação favorita de Jane Eyre :-)
Bj, Aris.

 
Mistério das Letras Blog Design by Ipietoon