O Amor de Penelope










































Georgette Heyer.



SINOPSE:

Sir Richard Wyndham tem dinheiro demais, já fizera tudo que desejara antes do trinta, é cortejado por mães casadouras, bajulado por aduladores e favorecido por todo mundo. Agora sua família acha que está na hora de pensar em casamento e sossego. Conformado, ele tende a concordar com a união de conveniência que o pai combinara com a família Brandon para selar a longa amizade que os unia.. Vagueando para casa um tanto embriagado, pensando desgostoso no noivado que se aproximava, despenca-lhe nos braços uma jovem disfarçada de rapaz. Esta providencial intervenção do Destino dá a Richard o caminho que ele procurava para fugir...


MINHA OPINIÃO:

O Amor de Penelope é uma comédia de costumes e comportamento, leve e cheia de aventuras, com reviravoltas e desencontros a cada página. Extremamente divertido e adorável. Não me lembrava exatamente da história e, como a Record voltou a publicar os livros de Georgette Heyer, eu decidi reler cada um dos que já tinha, depois da aquisição dos novos exemplares. Quando terminei esta obra eu tinha um sorriso de orelha a orelha :-)

Pen Creed, a protagonista de 17 anos, talvez seja um pouco jovem e inocente, mas ela também é destemida frente ao mundo e a mais determinada e decidida jovem já vista. Ao invés de esperar que sua tia a obrigue a casar com seu “primo com cara de peixe”, ela corta os cabelos, veste-se com roupas masculinas e embarca em uma jornada para encontrar Piers, amigo de infância e com quem havia trocado promessa de futuro enlace matrimonial cinco anos atrás. Na mentalidade infantil da moça nada parecia mais certo de que o amigo de infância a receberia de braços abertos, pronto a cumprir com sua promessa de criança.

O protagonista masculino, Sir Richard Wyndham, nobre de 29 anos está um pouco bêba, extremamente entediado e sentindo-se a pessoa mais desafortunada do mundo. Está prestes a pedir em casamento uma mulher com o coração tão frio que poderia congelar o ártico. Na noite anterior a sua ida para pedir formalmente a mão da dama em questão, Sir Richard avista Pen enquanto ela foge de casa fazendo uso de uma corda de lençóis que não chega até o chão. Ouvindo-a pedir por ajuda ele vai ao seu socorro, apara sua queda e com aprumo ébrio escuta a explicação que lhe é oferecida para a fuga noturna. Desejando ele mesmo escapar de Londres, acaba por se tornar acompanhante de Pen em uma viagem que começa em uma carruagem de passageiros. Sinceramente, esta passagem, do encontro dos dois, é hilária :-)

Pen é bem mais jovem que Sir Richard, mas ambos são tão encantadores que é impossível não torcer por eles enquanto embarcam em suas aventuras. Enquanto Pen é de uma jovialidade fresca e inocente, Ris Richard é o perfeito desportista e dandy. Sir Richard se vê em situações em que toda a sua genialidade e influência são requisitadas. Ele precisa lidar com o roubo de um colar de diamantes, um assassinato, alguns bandidos, encontros com desconhecidos em meio a noite e a descoberta de que Piers esqueceu por completo suas promessas de infância, apaixonando-se perdidamente por Lydia, uma bela e estupida garota. Em meio a tantas confusões ficamos cientes de que Sir Richard jamais havia se divertido tanto em sua vida (mesmo quando ele afirma estar desgostando do que acontece) e torcemos para que Pen aceite a corte de tão divertido herói.

O que mais gostei neste romance:

  • O protagonista e a protagonista passam a maior parte da história juntos.

  • A protagonista se veste de rapaz o livro inteiro, com a ajuda do protagonista.

  • A protagonista, apesar de muito jovem, não é tola nem cheia de afetações. Jamais cogita se fazer de vítima, que dizer ter pensamentos tolos como os de Lydia, sofrendo por amor.

  • A cena de beijo. Quando você ler vai entender. É hilária.

2 comentários:

Débora Lauton disse...

Parece ser delicioso... eu tenho esse, mas ainda não li, acho que vou passá-lo na frente dos outros...

beijos,
Dé...

Aris disse...

Eu sou apaixonada por esta autora :-D

 
Mistério das Letras Blog Design by Ipietoon