A Hora do Vampiro

Salem`s Lot.

Stephen King.

SINOPSE:

Ambientado na cidadezinha de Jerusalem`s Lot, na Nova Inglaterra, o romance conta a história de três forasteiros. Ben Mears, um escritor que viveu alguns anos na cidade quando criança e está disposto a acertar contas com o próprio passado; Mark Petrie, um menino obcecado por monstros e filmes de terror; e o Senhor Barlow, uma figura misteriosa que decide abrir uma loja na cidade.

Após a chegada desses forasteiros, fatos inexplicáveis vêm perturbar a rotina provinciana de Jerusalem`s Lot: uma criança é encontrada morta; habitantes começam a desaparecer sem deixar vestígios ou sucumbem a uma estranha doença. A morte passa a envolver a pequena cidade com seu toque maléfico e Ben e Mark são obrigados a escolher o único caminho que resta aos sobreviventes da praga: fugir.

Mas isso não será tão simples, os destinos de Ben, Mark, Barlow e Jerusalem`s Lot estão agora para sempre interligados. E é chegada a hora do inevitável acerto de contas.

COMENTÁRIOS:


Ben Mears é um escritor assombrado pelo seu passado na cidade de Salem`s Lot, onde passou por algo tão assustador que jamais pode esquecer (quando criança ele encontrou o corpo do dono da Casa Marstein enforcado numa das vigas do lugar). Decidido a enfrentar este passado e seus medos, Ben retorna a cidade onde vivera muito tempo atrás com sua tia, a fim de se libertar e de terminar o livro que está escrevendo.
Após sua chegada Ben vai conhecendo alguns dos outros personagens principais do livro, que são Susan Norton (por quem se apaixona), o professor Matt Burke (que conhece muitas coisas interessantes sobre a história de Salem`s Lot), Jimmy Cody, um médico cético que vê seu ceticismo ser posto a prova e o garoto Mark Petrie, obcecado por filmes de terror e muito, muito inteligente para alguém tão jovem.
Quase ao mesmo tempo que Ben retorna a Salem`s Lot um enigmático forasteiro chamado Strawker chega e toma posse da casa mais monumental da cidade, também aquela que fica no alto duma colina, que dizem ser assombrada e que é a origem dos pesadelos de Ben: A Casa Marstein.
Após a chegada deste homem misterioso e assustador, coisas estranhas começam a acontecer com seus moradores; pessoas morrem, mas retornam e vão atrás de seus familiares e amigos, provocando mais mortes. As criancinhas arranhando o vidro da janela do quarto no segundo andar é muiiiiito bizarra :-D
Bom, logo no inicio do livro já ficamos sabendo que, de todos os moradores de Salem`s Lot, apenas "um homem alto e um garoto" são os sobreviventes. Quando chegamos a Salem`s Lot com Ben, já sabemos que quase todos estão fadados a morte ou algo pior e isso dá uma sensação meio que angustiante.
Como em todos os livros de Stephen King os personagens são apresentados com calma, assim como o ambiente;  a trama se desenvolve aos poucos, cuidadosamente, porque não dizer: delicadamente. Esta calma no desenvolver do livro aumenta a sensação de perigo que vamos experimentando a cada novo capítulo, pois você passa a se importar com aquelas pessoas... mais com umas do que com outras, mas mesmo assim você não quer que elas morram.
Foram feitos dois filmes baseados neste livro, um com o David Soul em 1979, que é realmente péssimo e um com o Rob Lowe em 2004, que, apesar de certas falhas, me deixou bem satisfeita. Eu gostei realmente do filme (que é longo pacas, como a maior parte das adaptações dos livros de Stephen King).
Se você tiver interesse em ler uma resenha sobre o filme vá a Meu Mundo Alternativo.

No Blog Stephen King.com.br há muitas coisas interessantes sobre o livro. Um exemplo a baixo:

Menções do livro A Hora Do Vampiro:
O conto Jerusalem’s Lot, da coletânea Sombras da Noite, se passa na mesma cidade de A Hora do Vampiro, funcionando como um prólogo para a história e uma melhor introdução do passado da Mansão Marsten.
Na mesma coletânea também foi publicado o conto A Saideirapraticamente um epílogo para o livro A Hora do Vampiro. Para aqueles que não leram o livro, deixem esse conto para ser lido depois do livro, pois além de um bom spoiler, ele conta o destino de muitas personagens.
A personagem Peter Callahan volta nos livros Torre Negra V, VI e VII. Finalmente poderemos saber onde eles esteve todos esses anos!
O próprio livro A Hora do Vampiro aparece em Torre Negra V e VI. Sim, o próprio livro! Grande parte das personagens e o enredo do livro são explicados e analisados. Maior exemplo de meta-linguagem não existe. Como uma dica, eu recomendo a leitura do A Hora do Vampiro antes do Torre Negra V. Não por causa de spoilers ou dificuldades em entender a trama (você pode ler toda a série da Torre Negra sem ter lido qualquer outro livro), mas por causa da volta de algumas personagens e de menções e conexões que vão ser feitas, e você perderá se não tiver lido o livro antes.
O aeroporto de Cumberland fica entre duas pequenas cidades, chamadas Falmouth e Jerusalem’s Lot, como mencionado no conto O Piloto da Noite.
Johnny Smith, do livro Zona Morta, é enterrado no cemitério Birches, no mesmo local onde a família Marsten, proprietária da Mansão Marsten, está enterrada
A cidade de Jerusalem’s Lot é brevemente mencionada por John Smith no livro Zona Morta.
Blaze e seu amigo Freund John, no livro Blaze, assistem um filme sobre vampiros chamado Second Coming, esse foi o título provisório do livro A Hora do Vampiro.

Para quem se interessou, boa leitura ;-)


Esta é a capa do meu exemplar. Feinha, infelizmente.

Linda capa.

Me fez pensar em Nosferatu.

Mais uma mansão do mal ;-)

6 comentários:

Jossi Borges disse...

Nossa, eu adorei esse livro do King, :D
É, sem sombra de dúvida, o meu predileto dele, acima e à frente de qualquer outro. Comecei por me impressionar com o conto "Jerusalem's Lot" e o início da saga diabólica, onde literalmente, o demo perde as botas, rs. Aquela cidadezinha é o inferno na Terra, ou melhor, o portal do inferno. Fiquei tão impressionada, que não me contive e comecei a ler a história para meu marido e meu filho (já que nenhum dos dois é mto chegado em leitura).
A HORA DO VAMPIRO é um dos melhores livros de vampiro que já li, só perdendo mesmo para "Drácula".
Boa resenha, Aris! Voce entende mesmo de bons livros de terror-gótico!
Bjs

Iuri Fiedoruk disse...

Queria ler esse livro, mas começar um Stephen King é uma prova de fé, ehehehe.
De qualquer forma, o filme é ótimo e recomendo.

Arismeire Kümmer Silva disse...

Jossi, sou uma viciada por livros góticos, hehehehehe. Eu reviro a internet atrás deles e os sebos idem
;-)

Arismeire Kümmer Silva disse...

A propósito, eu também leio em voz alta para o meu marido (o seu Iuri aí do comentário) e antes lia para minha mãe, hehehehehe. A vontade de dividir com alguém o que pensei ao ler faz com que eu atormente eles com as minhas leituras ;-)

Jossi Slavic Genius disse...

Aris e Iuri,
Essa trama é suuuper legal. Também vi o filme (meu marido idem, rs), e todos nós gostamos - não era bem um filme, era uma minissérie, em 4 ou 5 episódios, se não me engano.
Eu sou difícil para gostar de algum seriado, dá pra contar nos dedos. Mas tudo o que é feito baseado nas obras de Stephen King, é mto bom.

Ah, acho que Iuri devia pegar pra valer nesse livro, né Aris? É do tipo que os homens gostam, muita ação, suspense e adrenalina!
:)

Arismeire Kümmer Silva disse...

As melhores adaptações de livros de Stephen King (livros de terror) são as feitas em forma de mini-série, porque senão tudo fica corrido e incompleto ;-)
Bj.

 
Mistério das Letras Blog Design by Ipietoon