Séries: Sherlock - BBC

Dando continuidade aos posts sobre meus seriados favoritos vamos a Sherlock (a versão britânica da BBC) que já teve duas temporadas e terá a terceira temporada provavelmente no segundo semestre do ano que vem.

 Mais uma vez, de forma resumida:


Sherlock é uma série britânica criada pelo fabuloso Steven Moffat (eu já havia acompanhado outra série dele, Jekyll, simplesmente fabulosa e que me deixou com um gostinho de quero mais) por Mark Gatiss, ambos roteirista de Doctor Who (conversaremos sobre Doctor Who no futuro) e Steve Thompson.

A ideia foi colocar Sherlock e seu universo na atualidade, com acesso a tecnologia que temos nos dias de hoje e fazendo um uso gráfico muito divertido e brilhante nas execução das cenas (mesmo... podemos ver tracejados na tela acompanhando os movimentos das mãos de Sherlock, podemos ler SMS na tela, com a cena do personagem digitando ao fundo...)
As tramas são todas originais de Conan Doyle, mas trazidas para nossos dias. Podem confiar em mim, ficou perfeito!! Podemos ver um mal humorado Holmes usando adesivos de nicotina para tentar parar de fumar ( e ficando viciado em adesivos de nicotina) e um Watson que escreve um blog ao invés de um diário ( e, pessoal, existe mesmo o blog: The Personal Blog of Dr. John H. Watson )
Cada uma das temporadas de Sherlock teve apenas 3 episódios de aproximadamente 1h e 30 minutos de duração cada. Por mim poderia ter mais episódios, mas eu não trocaria o cuidado e perfeição de roteiro, atuação e tudo mais por números maiores.

Na primeira temporada tivemos os seguintes episódios:

1) "A Study in Pink" - Um Estudo em RosaLondres, 2010: Uma série de suicídios misteriosos abate a capital inglesa. As vítimas não se relacionam em nada, a não ser pela maneira como morreram. A investigação policial, conduzida pelo Inspetor Lestrade, está desnorteada. Enquanto isso, Dr. John Watson, militar aposentado recentemente devido a um ferimento sofrido durante a guerra no Afeganistão, se vê numa existência sem direção. A solução para ambos - polícia e doutor - se encontra em um único homem: Sherlock Holmes. Mergulhado em um mundo de mistérios onde a cidade de Londres se transforma em um campo de batalha, John se une a Sherlock na caçada por um terrível predador, enquanto tenta redescobrir o sentido da vida...

2) "The Blind Banker" - O Banqueiro CegoChamado por um antigo amigo da universidade para investigar um código misterioso em um escritório trancado, Sherlock e John Watson mergulham no sombrio mundo que vai do maior alcance do poder financeiro às profundezas obscuras de uma gangue do submundo de Soho. Correndo para desvendar o código por trás da mensagem cifrada para que possa pegar os responsáveis por uma fila crescente de cadáveres, cresce a amizade entre Sherlock e John, mesmo que John descubra a possibilidade de um romance enquanto tenta se adaptar a um trabalho regular. Mas o caso da identidade perdida pode se tornar fatal, enquanto os líderes da gangue por trás dos assassinatos procuram por Sherlock Holmes, e pegam o homem errado...

3) "The Great Game" - O Grande JogoVoltando de um caso sem sentido na Bielorússia, o calibre dos criminoso vem decaindo aos olhos de Sherlock Holmes. Após uma aparente explosão de gás no prédio vizinho, até mesmo o caso de procurar alguns planos de mísseis perdidos, dados a ele por seu irmão Mycroft, falha em despertar interesse. John Watson o assume privadamente, enquanto Sherlock encontra de repente uma distração que valha a pena - um brilhante e clínico criminoso que usa bombas em reféns, para que suas vidas sejam o prêmio se Sherlock resolver uma série e quebra-cabeças. Sherlock e John correm pela capital tentando ultrapassar seu misterioso inimigo, mas tudo acaba se resumindo ao primeiro confronto entre eles e o homem que termina por se revelar o oponente definitivo de Sherlock: Moriarty.

 Na segunda temporada foram os seguintes episódios:

4) "A Scandal in Bohemia" - Um Escândalo na BohemiaSobrevivendo ao encontro com Jim Moriarty, Sherlock Holmes e John Watson começam a ganhar reputação nos meses seguintes. Acabam se vendo contratados por um dos mais altos oficiais do país para resgatar uma coleção de fotografias comprometedoras das mãos da sedutora oponente - Irene Adler, mais conhecida como A Mulher. Sherlock se vê intelectualmente testado contra sua intrigante inimiga, mas John se sente perturbado com a reação de seu amigo à ela. Enquanto o caso se move além de um constrangimento Real para um caso de segurança internacional, Sherlock deve confrontar a complexa natureza da mente versus o coração para prevenir um incidente maior.

5) "The Hound of the Baskervilles" - O Cão dos BaskervillesA história mais famosa de Sherlock Holmes, "O Cão dos Baskervilles", é uma das mais difíceis de adaptar para a época moderna. A criatura espectral, tão acreditada pelos moradores de Baskerville Hall na história original, não funcionaria aqui. Dessa forma, Mark Gatiss move a narrativa das suas raízes góticas e tece para nós uma fábula de uma nebulosa conspiração militar, com Baskerville se transformando em um local de facilidade para testes ultra-secretos pelas demarcações da Port Down da vida real. Sherlock e John se encontram nas florestas de Dartmoor quando um jovem traumatizado, chamado Henry Knight, apresenta a eles um irresistível e confuso caso - suas memórias enterradas revelam a morte violenta do seu pai pelas mandíbulas de um assustador e enorme Hound (um tipo de cão de caça), e ao voltar ao local da morte, ele encontra pegadas recentes. Sherlock e John devem navegar pelas profundezas da misteriosa Baskerville Research Facility, local de segredos a serem escondidos e ainda testarão a amizade entre si, para descobrir se há um monstro de verdade à espreita nas sombras de Dewer's Hollow.

6) "The Final Problem" - O Problema Final ou A Queda de Reichenbach: Sherlock Holmes e John Watson se transformaram em heróis aos olhos do público britânico, solucionando alguns casos famosos que ganharam grande atenção da mídia. Mas então, James Moriarty reaparece e realiza o crime do século, invadindo a Torre de Londres, O Banco da Inglaterra e a prisão Pentoville, simultaneamente. Ele não leva nada. Sua motivação real é acabar com a reputação de Sherlock Holmes aos olhos da imprensa, seus conhecidos e de maneira mais crítica... seus amigos. Sherlock deve enfrentar sozinho o Problema Final de Moriarty, sem John - o confronto final entre dois oponentes. Mas como você pode derrotar os planos de um rival insano quando a única solução é sua própria morte?

Eu devo dizer que tudo em Sherlock funciona e que eu sou uma apaixonada por Benedict 

Cumberbatch, cedendo mais espaço para Moriarty, cuja interpretação fantástica de Andrew

Scott me conquistou do dedão ao ultimo fio de cabelo. Pessoas, não deixem de assistir 

Sherlock. è uma série inteligente, divertida, cheia de ação e... ahhh, a pronúncia inglesa!!!!!



"Every fairytale needs a good old-fashioned villain. You need me, or you're nothing."
―Moriarty to Sherlock in "The Reichenbach Fall".


MOTIVOS PORQUE SHERLOCK DETONA COM OUTRAS VERSÕES:

1) Não foi feito por americanos.
2) Benedict faz com que você ame Sherlock, com todas as suas excentricidades.
3) Moriarty é o vilão mais psicopata, genial, excêntrico e charmoso que vi nos últimos tempos.
4) Irene Adler não é uma personagem feminina irritante (Moffat nunca as deixa irritantes).
5) A escrita e as histórias não são adaptações diretas de histórias de Doyle, mas sim uma versão atualizada, moderna deles, com bastante detalhes familiares e situações para torná-lo brilhante.

Claro que há mais motivos, mas se fosse citar todos eu passaria a noite toda digitando :-)





Esta ultima foto é especial: Sherlock encontra Doctor Who!!! Kyaaaaaaaaaaaa!!!!!!

2 comentários:

Iuri Fiedoruk disse...

Hahahah, dava um bom dialogo: Mr. Holmes? I'm your fan?
- And who could be you with those old eyes, strange habits and whose accent are not from any part of england?
- I'm the Doctor!
- Doctor who?

Arismeire Kümmer Silva disse...

Hahahahaha. Bom, se isso acontecesse eu ia dar uma de fangirl e ia desmaiar, depois dos gritinhos histéricos :-D

 
Mistério das Letras Blog Design by Ipietoon